Cachoeiras

Idiomas

Portuguese English French German Italian Japanese Polish Romanian Spanish
Open Translate

SITE POUSADA VILLA NINA – CACHOEIRAS

 

ÁGUA BRANCA*

LAJE*

TOCA*

GATO*

VELOSO*

TRÊS TOMBOS*

 

Há quem diga que Ilhabela tem 365 cachoeiras, uma para cada dia do ano. Os nativos chamam de "cachoeira" qualquer rio que desce sobre pedras, e são centenas deles.

 

 

(*) Conheça algumas das cachoeiras de Ilhabela.

 

 

 

Água Branca

A Cachoeira da Água Branca está localizada ao lado esquerdo após a Guarita da Estrada Parque dos Castelhanos. É indicada para todos os tipos de público, desde o visitante menos experiente até aquele acostumado a percorrer trilhas. São cinco poços naturais com pequenas quedas de água, ideais para banho, sendo o primeiro a 100m do início da trilha.

A pouco mais de 200 m do início da caminhada, chega-se ao Poço da Pedra. Além dele, ainda há outros dois grandes poços, como o Poço da Escada.

 

Laje

No sul da Ilha, mais especificamente na trilha que une a Ponta da Sepituba à praia do Bonete maior comunidade tradicional caiçara da Ilha, a Laje reúne diversos pequenos poços de águas limpas e um tobogã natural.

A trilha, de 23,4 km (ida e volta) e alto nível de dificuldade, passa dentro do Ribeirão da Laje, não há como errar. Atravessando o rio há uma pequena picada à direita, que leva para a queda principal e tobogã.

De onde é possível estacionar o carro: Borrifos/Frades, a caminhada é de 1h a 1h30. É aconselhável estacionar no Borrifos porém, após 2 km, na Sepituba, já na estrada de terra, existe um estacionamento particular.

 

Toca

No bairro do Reino, seguindo para a Estrada dos Castelhanos, em uma bifurcação a esquerda, está a Cachoeira da Toca, é um dos pontos turísticos mais tradicionais da cidade. Tem uma ducha forte, com cerca de 3 metros de altura, e o mais famoso tobogã com cerca de 20 metros de extensão.

A Toca, que dá nome ao local, é uma grande gruta ao lado da qual a cachoeira cai. O rio passa por dentro da gruta, desembocando num pequeno tobogã.

O local é sede de um antigo engenho de cana de açúcar, o único restante dos 32 que existiram em Ilhabela e ainda continua produzindo aguardente.

O horário de funcionamento no verão é das 8-18 e no inverno 8-17. Funciona de segunda a segunda e oferece acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida. $

 

Gato

A trilha para a Cachoeira do Gato inicia no Canto do Ribeirão, na Praia dos Castelhanos.  O percurso de 4 km (ida e volta) e nível de dificuldade médio, passa pelo interior da Mata Atlântica preservada até chegar na mais alta cachoeira do Parque Estadual. Com 80m de altura a água escorre de um paredão rochoso praticamente vertical e, numa segunda queda, de aproximadamente 15 m, cai reta sobre um grande poço. A força da água é enorme.

Abaixo dessa queda principal há outras cinco pequenas, com poços de águas transparentes, excelentes para banho.

 

Veloso

Por uma trilha, que inicia em uma área particular (o camping do sítio), de 2,2 km (ida e volta) e nível de dificuldade médio, a Cachoeira do Veloso tem um visual paradisíaco. Um rio se bifurca numa área com vários paredões rochosos criando três quedas.

A primeira queda, com mais de 30 m, pode ser alcançada por uma trilha de aproximadamente 40 minutos. Nela é possível subir alguns degraus naturais e relaxar sob a ducha que desce do alto da montanha.

 

Três Tombos

É possível parar o carro a poucos metros dessa cachoeira. São três quedas de fácil acesso à entrada para a Cachoeira dos Três Tombos fica em frente à entrada principal da Fazenda São Mathias, pouco antes da entrada para a Praia da Feiticeira.

A primeira cachoeira tem uma forte ducha de mais de cinco metros de altura e um poço de cerca de 100m². Mais ao alto, as outras duas quedas são alcançadas por uma trilha de 400 m de extensão. A segunda é pequena e dá acesso à laje por onde escorre a água que alimenta a primeira ducha. O local requer cuidado, pois há muitas pedras escorregadias.

Já a terceira, a maior de todas, conta com um paredão de rocha de mais de 20 m de altura, de onde a água cai com bastante força diretamente sobre as pedras. Não há poço para mergulho, mas é possível aproveitar a ducha caminhando sobre as pedras grandes.

 

 

 

FIQUE ATENTO: Visitante não se arrisque, as pedras são escorregarias e há risco de afogamento. Você é responsável pela sua segurança, a natureza também oferece riscos.

Consulte a necessidade de acompanhamento de monitores ambientais nas trilhas e cachoeiras.

Fonte: portal www.ilhabela.sp.gov.br